5 alimentos cheios de agrotóxicos que você deveria evitar

Alimentos com agrotóxicos são um grande tabu na nossa sociedade, eles são demonizados por muitas pessoas mas sem eles, seria um enorme problema alimentar as pessoas do nosso planeta.

Uma alimentação saudável faz parte de uma vida equilibrada e estável, e alimentos com uma fonte de vitaminas e minerais são as principais engrenagens na manutenção do seu metabolismo.

Entretanto, juntamente com os alimentos que nós consumimos, vem agrotóxicos que podem ser prejudiciais para a nossa saúde.

Veja aqui a lista dos alimentos que mais possuem agrotóxicos prejudiciais para a nossa saúde:

Quais são os alimentos com mais agrotóxicos?

alimentos
Foto:(Reprodução/Internet)

Você sabe como é definido a quantidade aceitável de agrotóxicos que podem ir nos alimentos do seu dia a dia? Bom, para responder essa pergunta primeiramente temos que saber o que são agrotóxicos.

Agrotóxicos são agentes químicos usados em plantações para evitar infestações. Principalmente as de fungos, insetos e bactérias, pois elas podem causar potenciais doenças aos seres humanos ao consumir alimentos infectados.

A Anvisa é a responsável por definir o limite máximo de agrotóxicos que podem ir nos alimentos. Para isso, agricultores precisam passar por várias auditorias a cada ano e coletar vários dados sobre suas plantações.

Dessa forma, você pode determinar quais são os agentes que estão interferindo no solo. Assim sendo, você sabia que boa parte das uvas contem agrotóxicos? Cerca de 90% das uvas produzidas em território brasileiro possuem agrotóxicos.

As frutas são os principais alimentos afetados por agrotóxicos. Autoridades relataram que mais de 20% das principais frutas e verduras continham pesticidas proibidos ou considerados acima dos níveis permitidos.

Oito em cada 10 frutas tinham pesticidas proibidos ou excedidos os pesticidas permitidos.

A novidade desta edição do relatório foi a goiaba, que testou amostras em doses superiores aos agrotóxicos recomendados ou proibidos, em segundo lugar, seguida da cenoura com 39 pontos e do tomate com 35%.

Veja também: 10 alimentos com magnésio e seus benefícios.

Segundo a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), algumas hortaliças são mais afetadas por agrotóxicos do que outras.

Um programa de análise de resíduos de agrotóxicos em alimentos conduzido pela Anvisa em 2018 constatou que 91,8% das amostras de pimentão estavam impróprias para consumo.

Isso significava que eles continham resíduos de pesticidas acima dos níveis aceitáveis ​​e até mesmo pesticidas inadequados para o cultivo eram permitidos.

Lista dos alimentos com mais agrotóxicos

Primeiramente, o líder de agrotóxicos indesejados é o pimentão, pois como mencionado acima, ele tem uma taxa de rejeição de mais de 90%.

Morangos ficaram em segundo lugar nesse quesito, com níveis muito altos de pesticidas detectados em 63% das amostras de frutas.

Em terceiro lugar, ficam as amostras de pepino que são consideradas impróprias para consumo pois contem uma taxa de pesticidas e agrotóxicos muito elevada. Mais de 50% das amostras estavam impróprias.

Em quarto e quinto lugar, nós temos alface e cenoura, pois dois alimentos muito utilizados na culinária brasileira também continham níveis muito elevados de agrotóxicos.

Pela pesquisa da Anvisa mais de 50% das amostras de alface estavam fortemente contaminadas, enquanto 49% das cenouras estavam impróprias para consumo.

Como se livrar dos agrotóxicos?

É importante ressaltar que nenhum processo de limpeza pode remover 100% dos pesticidas dos alimentos. No entanto, existem alguns truques muito eficientes.

E o principal deles é mergulhar os alimentos em bicarbonato de sódio e vinagre! Esse é provavelmente o método mais simples e efetivo para limpar agentes indesejados de sua comida

Luciano

Gestor de Tráfego e Social Media com ampla experiência em marketing digital e habilidades em redação e design de websites. Possuo mais de 10 anos de experiência trabalhando com internet e estou sempre buscando me aperfeiçoar e ampliar meus conhecimentos na área. Acredito que a constante atualização é fundamental para oferecer soluções eficazes e inovadoras aos meus clientes. Contato: [email protected]
Saude na Mesa

© Saude na Mesa. Todos os direitos reservados.